terça-feira, 31 de março de 2009

US TOP Disco Dance

Independente da linha de campanha escolhida, há que se pensar a trilha sonora da marca.
Parece que em 79 já haviam pensado nisso!

Achei no blog
70disconights o que seria o US TOP Disco Dance

01. Sister Sledge - We are family
02. Joy Fleming - The final thing
03. Pointer Sisters - Happiness
04. Gino Soccio - Dancer

05. The Trammps - Soul bones
06. Narada Michael Walden - I don't want nobody Else (To dance with you)
07. Flayng Brothers - The flying sequence

Cds com os principais hits atuais da festa poderiam ser distribuidos aos convidados e depois servir de brinde para quem compra o jeans. Como se as pessoas pudessem levar um pouco da festa para casa.

O set list atual da US TOP poderia ser feito pelos djs da festa Calzone, seguindo o estilo de música da festa.

Também poderíamos ter uma ou duas bandas convidadas - já comentamos isso no outro Blog deste projeto projetoustop.blogspot.com. Meu palpite é termos bandas modernas e novas para associarmos essas qualidades à marca.

Fiquei muito com a idéia do retrô 70/80 que as campanhas antigas d
a US TOP trazem. Acho que a trilha sonora pode ter um toque retrô. Existem várias bandas novas seguindo essa tendência de revival e mesmo a festa Calzone tem essa caracterísca em seus flyers (postados pela Mel) e também em seu som, que é bem eclético, misturando tudo o que for divertido para a pista.

O Brasil tem lançado, até internacionalmente, algumas bandas novas e alternativas boas de pista e cheias de atitude. A mais famosa é a Cansei de Ser Sexy, ou CSS, que mistura
influências de rock, pop e música eletrônica. A ex-vocalista da banda, Lovefoxx, inclusive já teve seus momentos de ícone fashion em revistas internacionais.

Na mesma linha, temos a galera do Bonde do Rolê, que usa as batidas do funk carioca, mistura com rock, axé, forró e o que mais for possível.

Outras bandas supernovas estão surgindo para serem aproveitadas. A Copacabana Club, por exemplo, é citada no site rrurl cita como a melhor banda nacional do momento: "Sua mistura eletrônica de rock, disco, electro pop e disco punk tem aquela rara capacidade de alegrar rádios e pistas". Porém, a Levis já incorporou Copacabana Club à sua marca.
Eles tem o projeto Levi's Music, que já tem outras bandas alternativas na lista, como Garotas Suecas.

O site rrurl tem várias novidades musicais, a Trama Virtual também dá para descobrir coisas bacanas e, claro, o myspace.

http://www.myspace.com/canseidesersexy
http://www.myspace.com/bondedorole
http://www.myspace.com/copacabanaclubmusic
http://www.myspace.com/garotassuecas
http://www.myspace.com/thetwelves
http://www.myspace.com/bossindrama





quarta-feira, 25 de março de 2009

Adidas Party

Pensando na ideia da festa da US Top, folheando a Teen Vogue na livraria, descobri a nova campanha que a Adidas lançou para comemorar os 60 anos de Solas e Listras.



http://www.adidas.com/br/homepage.asp

Eles convidam para uma festa que vai desbancar todas as outras. "Do estilo esportivo à moda urbana, vestimos o mundo com as três listras".


O trabalho é incrível, as fotos, os vídeos, as festas, tudo muito divertido e também parecido com o que imaginava para a US TOP (bem melhor na verdade)! :-)
















O ambiente é de uma festa em casa (house party), em que os convidados celebram o espírito da Adidas e a originalidade. Entre eles estão o jogador de futebol David Beckham, a cantora Katy Perry, o jogador de basquete Kevin Garnett, a rapper Missy Elliott, o skatista Mark Gonzales, a banda The Ting Tings....

A ótima música de fundo é a “Beggin”, de Frankie Valli & The Four Seasons (Pilooski Re-edit).




Eles também fizeram uma "paint party" com a banda The Ting Tings, todos vestidos de Adidas em branco total com uma grande guerra de tintas coloridas. O efeito é lindo e os vídeos acabam se espalhando como virais. O legal dessa campanha é que há uma dúzia de vídeos, uns mais elaborados, outros caseiros, com grande potencial de se espalhar espontaneamente.


















Eu queria estar nessa festa!
:-)

terça-feira, 24 de março de 2009

Party Culture

A segunda linha de campanha para relançar o jeans US TOP que gostei e tenho bastante referências para acrescentar é a da festa.

Como foi proposto pela Mel, a US TOP faria uma ação de mkt com a festa carioca Calzone, que é bem hype na cidade e tem um estilo divertido, alternativo e meio retrô que pode ser associado à marca.

-- Personalidades divertidas, estilosas, do mundo da moda, música, esporte, por exemplo, poderiam estar na lista de convidados.

-- Como convite, os convidados receberiam calças US TOP para vestirem na festa em que, cada um com seu estilo, seriam fotografados para a campanha e editoriais.

-- Uma referência forte para a estética "festa" (party culture) +
fotos de pessoas reais e life style é o site do fotógrafo californiano Mark Hunter, http://www.thecobrasnake.com/partyphotos.html. O Cobrasnake lança festas, camisetas e pessoas que viram hype no mundo da moda. Seu estilo de fotografia, com uma luz bem pontual em cima dos personagens curtindo as festas poderia ser o estilo de foto de nossa campanha e, talvez, o próprio Mark Hunter ser nosso fotógrafo.

The cool hunter sobre ele:
"In a few short months, out of nowhere, this a 20-year-old, bearded and hairy man is becoming a new star of cool, primarily in the USA. In addition to his talent to capture amazing White Trash instants, as he says himself, he is a marketing genius. Mark Hunter, aka the Cobrasnake, has a distinct character and a homeless runner look that both contribute to his emergence as a very fashionable brand. Besides, he has already shot the likes of Paris and Nicky Hilton, Terry Richardson, Beck, Johnny Knoxville, Andre3000,... Hunter has a column in the LA Weekly, a book deal, and reportedly the producers from The Real World and The Simple Life have shown interest in a reality show. Put some buzz in your next party, invite him."



-- Outra idéia seria termos meninas "reais", conhecidas na internet por seu
s blogs e fotologs com fotos em festas e nas ruas, como divulgadoras da marca. A melissa já teve uma campanha parecida, que usou quatro fotologers famosas na internet como modelos. Acabou lançando nacionalmente a Marimoon, que virou VJ da MTV e, mesmo não estando mais na atrelada à marca, ainda gera marketing espontâneo para ela.


MELISSA GIRLS: /marimoon /impar /maluka_ /lolly_alves


Outros fotologs que gosto: /toutlamode /am_lul





-- Se pensarmos que podemos ter o Mark Hunter como fotógrafo, também poderíamos ter seu maior "case" de sucesso, a Cory Kennedy, como personalidade na festa. Ela foi considerada uma internet it girl com apenas 15 anos e ainda continua sendo ícone fashion, com seu estilo acabei de acordar, meio grunge, meio chic, sei lá...















"She pops up quite often on The Cobra Snake, and she reminds of a cross between the Little Match Girl and the quintessence of heroin chic. She's total grunge with a pinch of luxe (the Chanel ballet flats, the Pucci boots, the Chanel bag she has...), and I can't take my eyes off of her. She's got something that intrigues me... piques my interest." http://www.fashionologie.com/1669681



Outros links de fotos de festas:
http://www.dirtydirtydancing.com/
http://www.lastnightsparty.com/

Jeans viajante

Como tive algumas idéias parecidas com as de outros grupos da oficina, vou tentar focar nas duas possibilidades que pareceram mais fortes:

- a campanha em torno de uma
festa, com fotos estilo The Cobra Snake (deixo para o próximo post)

- a campanha em torno da imagem de jovens alegres, informados, em várias situações da vida, trabalhando,
viajando.

Defendendo essa última ideia, acabei de ver que o José e a Louise publicaram o blog http://newustop.blogspot.com/


Acho que o caminho deles está ótimo, minha sugestão seria concentrar mais no aspecto das viagens, dos cenários diferentes do mundo, dos jovens fazendo mochilão ou road trip...

Gosto muito da ideia do filme "Quatro amigas e um jeans viajante" (Sisterhood of the Traveling Pants)






Meninas reais insiradas pelo filme:


Uma "travelling pant", como no filme, veste bem em todas as amigas e recebe uma customização referente a cada lugar ou situação vivida. Isso pode ser um item de campanha, distribuir souvennirs, bo
tons, fitinhas ou outras coisas que possam ser adicionadas ao jeans, ou à bolsa etc.

Uma calça desse tipo adolescente, toda pintada, desenhada e com coisas coladas também pode servir de ponto de partida para a linguagem visual e cenografia das lojas, que também pode ter outras coisas relacionadas a viagens, como malas, selos, mapas, aviões etc...



Alguma história para começar...

"De um tecido rústico para cobrir barracas, surgiu a roupa mais universal já inventada pelo homem. Adotadas pela juventude, as calças jeans tornaram-se símbolo de uma nova maneira de viver”

(...)

"No começo da década de 60, quem tinha meios trazia do exterior ou comprava de contrabandistas as famosas calças Lee, made in USA, que desbotavam.
Lee virou sinônimo de jeans. Tanto que durante muito tempo se dizia 'calça Lee' no lugar de jeans. A indústria de confecções não tardou a perceber de que lado soprava o vento e começaram a brotar marcas de jeans com forte apelo de vendas aos jovens.

No começo dos anos 70, o Brasil é o país do milagre econômico e da ditadura política e também da acelerada transformação no comportamento dos jovens. Fala-se a toda hora em conflito de gerações e revolução sexual.

Em 1972, é lançada a US Top, com verdadeiro indigo blue (tinta vegetal azul), a primeira calça brasileira que desbota como a Lee americana. Dois anos depois, a Levi's adapta o corte do jeans aos gostos nacionais calças justas na frente para os homens e atrás para as mulheres. E a Ellus introduz a moda dos stone washed.

Depois virão as grifes, em nenhum país do mundo há tantos nomes famosos assinando jeans como no Brasil. E, enfim, uma publicidade cada vez mais provocativa, que por suas alusões ao erotismo volta e meia é objeto de discussões."

Mundo de jeans
por Suzana Veríssimo, Revista Super Interessante

http://super.abril.com.br/superarquivo/1988/conteudo_111061.shtml



+++ Us Top pertence ao grupo Alpargatas, o mesmo que inventou marcas como Havaianas e Topper.


++ “Liberdade é uma calça velha, azul e desbotada” era o slogan em 76, que vendia um novo jeito de viver, mais livre e descontraído, associando definitivamente o jeans aos jovens. Segue o emblemático filme da campanha abaixo:

domingo, 22 de março de 2009

1,2,3 testando!

gigix kiddo a.k.a. Gilda Moll

Sempre quis fazer um blog, faltava uma motivação.

Começo para discutir idéias de moda e campanhas, como proposto pela Mari Stockler na Oficina do POP " A invenção de uma marca: posicionamento e alinhamento visual no mundo da moda".


http://www.polodepensamento.com.br/sec_cursos_view.php?id=162

A proposta é revitalizar e relançar a marca de um cliente fictício, no caso, o jeans da US TOP, que fazia muito sucesso nos anos 70.

A seguir, referências e ideias!